A PARTIDA IRMÃO MAIS VELHO

Diz-nos um provérbio popular: “quando um soldado vai para a guerra, vai, não porque odeia quem está à sua frente, mas porque ama quem deixou para trás”. Se há dias de alegria na instituição, também há dias de tristeza, nomeadamente com a partida de um dos filhos desta casa para uma vida em autonomia. A amizade nunca acabará, apenas muda de configuração. Ao jovem Nelson, que aqui viveu durante 15 anos, deixamos os votos de uma vida com alegria e agradecemos-lhe o exemplo e a fraternidade com que sempre perfumou as paredes desta instituição. E que o amor que deixa para trás, na figura dos seus irmãos e dos restantes membros da instituição, seja mais um motivo para acreditar e lutar pela a felicidade que é um direito de todos, e não um privilégio de alguns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *